Tudo o que você precisa saber sobre Pitaya

Resultado de imagem para pitaya brasil

Se você já foi ao mercado, é provável que você tenha visto uma fruta rosa de aparência exótica que pode ter picado sua curiosidade – que seria a pitaya, também conhecida como fruta-dragão.

Saiba tudo sobre pitaya acompanhando o artigo. Além de ser uma bela fruta, seu sabor e benefícios para a saúde são inúmeros. Vamos lá conhecer a razão de introduzir a pitaya na sua alimentação?

História da pitaya

Segundo a literatura asteca, os frutos de pitaya remontam ao século XIII.

A pitaya é nativa da América Central. No Vietnã, onde é amplamente cultivada, a fruta pitaya é conhecida como thang loy. Acredita-se que a fruta foi introduzida no Vietnã pelos franceses.

A Malásia é outra região onde você terá certeza de encontrar a pitaya. Foi introduzida pela primeira vez em 1999 nas regiões Sitiawan, Johor e Kuala Pilah. Colômbia e Nicarágua são outros lugares onde a fruta pitaya é cultivada para fins comerciais.

Estas regiões atestam o fato de que a fruta do cacto Pitaya requer um clima quente, portanto, prospera bem em áreas semiáridas. A plantação da fruta tem perspectivas muito elevadas, uma vez que é industrialmente utilizada em sucos, vinhos e outras finalidades, sem esquecer seu valor medicinal.

Finalmente, no Brasil, a pitaya é mais comum na região Nordeste do País, servindo como iguaria para pratos de doces, salgados e até sorvetes.

Então, a pitaya não tem nada de “novidade”. Se o seu foco são alimentos saudáveis, a pitaya é uma excelente opção para a sua dieta, por ser saudável e saborosa.

Tipos de pitaya

Resultado de imagem para pitaya types

Normalmente, a variedade de pitaya, com pele vermelha e carne branca é o que vemos nos supermercados. No entanto, você sabia que existem outros dois tipos de pitaya? Depois, há uma que tem pele amarela com carne branca e outra com pele vermelha e carne vermelha.

Além de seus diferentes aspectos, as variedades de pitaya apresentam variações sutis de sabor.

Uma das coisas mais intrigantes sobre a pitaya é o seu aspecto. Sua aparência é bela! Segundo nutricionistas, há pitaya doce e pitaya azeda. Tudo isso depende da espécie, forma e tamanho da fruta. As diferenças de sabor são bastante sutis.

Como saber se a pitaya está madura

Se você tiver curiosidade em experimentar a pitaya, vai querer saber como escolhe-la. A maneira mais fácil de saber se a fruta está madura é pegando nela.

Uma pitaya macia está madura. Mas atenção! Verifique se a fruta não está muito macia, no entanto. Se você toca e a marca do seu dedo permanece na fruta, mesmo depois de removê-lo, é provável que a pitaya esteja muito madura.

Benefícios da pitaya

Imagem relacionada

A pitaya tem altos níveis de fibras, o que torna uma boa adição à sua dieta. Dietas que são ricas em fibras podem ajudar a reduzir o risco de doença cardíaca. A fibra também ajudará a controlar os níveis de açúcar no sangue, manter a saúde intestinal e normalizar os movimentos intestinais, baixar os níveis de colesterol e auxiliar na obtenção de peso saudável.

É também uma boa fonte de ferro. O ferro transporta oxigênio para todo o seu corpo, o que é vital para a funcionalidade cerebral e muscular, por isso é importante ter ferro na sua dieta.

E se você quer adicionar mais vitaminas ao seu corpo pode ser hora de começar a pitaya, que também é rica em vitaminas C e B2.

O corpo humano precisa de uma dosagem diária de vitamina C e B2, uma vez que não podem ser armazenados no corpo.

Também é importante que tenhamos uma dose diária dessas vitaminas porque desempenham um papel importante na produção de energia e representam um nutriente essencial em nossas dietas.

Talvez essa fruta possa até ajudar nos seus cuidados com a pele, os quais desafiam a idade. Outros benefícios de vitamina C podem incluir proteção contra rugas. Mais importante ainda, inserir vitamina C em sua dieta pode prevenir deficiências do sistema imunológico, doenças cardiovasculares, problemas de saúde pré-natal e doenças oculares.

Precisa relaxar? Experimente pitaya!

Se você está procurando uma maneira natural de relaxar, comer pitaya pode ser a solução que você está procurando.

A pitaya é rica em magnésio, o que ajuda a aumentar sua energia. O magnésio também é importante para a regulação dos níveis de sódio, potássio e cálcio.

Para completar, o magnésio também ajuda a relaxar músculos, nervos e ansiedade. Com seus músculos e nervos relaxados, e sua ansiedade aliviada, tudo isso pode levar a um melhor sono e recuperação muscular, um benefício maravilhoso em se comer essa fruta maravilhosa!

Como comer pitaya?

Mas como comer pitaya? Essa é uma fruta bem versátil. Você pode fazer suco, salada de frutas, vitaminas. Aliás, todas as opções poderiam definitivamente ser elevadas por um toque de pitaya – tanto no gosto quanto na beleza.

E não é difícil usar a pitaya. Para conseguir uma boa apresentação, basta pegar uma colher e tirar a “carne” da fruta – como comer um abacate – então corte a fruta e coloque-a de volta na casca com uma mistura de outras frutas que você gosta.

E lá estará, uma salada de frutas saudáveis muito digna e linda!

Mas é pitaya é boa também em pratos salgados. Essa fruta pode ser excelente para receitas doces, mas se você está procurando um ingrediente mais versátil para incluir em suas refeições saborosas, você certamente pode adicionar pitaya nessa lista.

Resultado de imagem para pitaya sorvete

Pratos salgados, incluindo arroz vegano frito, molho colorido de frutas e até vinagrete de pitaya para todas as suas saladas, são excelentes para incluir em seu menu.

A pitaya fornece esse equilíbrio de doce e salgado em algumas receitas muito deliciosas.

Deixe um comentário

Seja o Primeiro a Comentar!

avatar
  Subscribe  
Notify of